LINHA DE PESQUISA

Fatores Associados à Hipertensão Arterial em Crianças e Adolescentes Quilombolas

Coordenador: Prof. Dr. Fernando Adami

Equipe: Prof. Dr. Fernando Luiz Affonso Fonseca

Profa Dra. Erika da Silva Maciel

Prof. Dr. Luiz Carlos de Abreu

Francisco Winter dos Santos Figueiredo

Laércio da Silva Paiva

Doutorando do projeto: Fernando Rodrigues Peixoto Quaresma

Mestrando do projeto: Matheus Morbeck Zica

Instituição sede: Faculdade de Medicina do ABC

Resumo

 A hipertensão arterial sistêmica (HAS) constitui um dos principais problemas de saúde pública mundial, tem alta prevalência, baixas taxas de controle e representa um dos principais fatores de risco modificáveis para prevenção de doenças cardiovasculares. Há fortes evidências científicas que indicam maior prevalência de HAS na população negra que está relacionado com uma alteração hereditária na captação de sódio e potássio. Dessa forma, o objetivo deste estudo é avaliar os fatores associados à hipertensão arterial em crianças e adolescentes quilombolas. Trata-se de pesquisa transversal de abordagem quantitativa. Serão utilizados instrumentos validados no Brasil para identificar os fatores associados relacionados ao estilo de vida e a utilização de análise bioquímica para predizer o risco do desenvolvimento de Doenças Crônico Não Transmissíveis (DCNT).  Busca-se, a partir dos resultados, identificar os principais fatores de risco para HAS nas comunidades quilombolas e apresentar medidas para prevenção dos agravos decorrentes desta patologia o mais precocemente a fim de prevenir complicações cardiovasculares na vida adulta.

Palavras- chave: hipertensão arterial, crianças, adolescentes, quilombolas