LINHA DE PESQUISA

Percepção da qualidade de vida e fatores associados das colônias de pescadores do estado do Tocantins

Mestrandas do Projeto:

Bhárbara Karolline Rodrigues Silva

Mayzza Campina Rodrigues

Thaizi Campos Barbosa

 

Resumo

A relação entre consumo de pescado e a melhoria da qualidade de vida tem sido evidenciada nos últimos anos destacando os diversos benefícios para a saúde física e mental. O objetivo dessa pesquisa é avaliar a percepção da qualidade de vida e sua relação com indicadores de saúde em amostra de pescadores e seus membros familiares da região de Palmas Tocantins – Brasil. Os dados serão coletados por meio da entrevista com equipe previamente treinada. Os instrumentos utilizados serão Instrumento de Avaliação será o WHOQOL-bref (World Health Organization Quality of Life), Questionário socioeconômico-demográfico ABEP (2015), Escala de Percepção de Estresse (EPS-10), Questionário de identificação de indivíduos matutinos vespertinos, Questionário Nórdico de Sintomas Osteomusculares, Questionário Internacional de Atividade Física (IPAQ), Avaliação da percepção do consumo de pescado, será avaliado a Pressão arterial e os indicadores sanguíneos de teste rápido (ponta de dedo) para triglicérides, colesterol total e glicemia em jejum, verificação do peso e altura para cálculo do Índice de massa corporal, será avaliado o perímetro abdominal para verificação de fator de risco cardiovascular, composição corporal será medida através da análise da bioimpedância elétrica pelo Sistema Analisador Biodynamics Body Composition Analyzer 310. Os resultados auxiliarão a compreensão de questões de qualidade de vida na amostra e podem ser utilizados para elaboração de estratégias de intervenção em promoção da saúde nessas comunidades.