PUBLICAÇÃO

A COZINHA DE FUSÃO ENCONTRA O RIO: PEIXES NATIVOS AMAZÔNICOS COMO ALTERNATIVA PARA A CULINÁRIA JAPONESA

A COZINHA DE FUSÃO ENCONTRA O RIO: PEIXES NATIVOS AMAZÔNICOS COMO ALTERNATIVA PARA A CULINÁRIA JAPONESA .

Hellen Christina de Almeida Kato – Mestre em Ciência e Tecnologia dos Alimentos Universidade Federal do Pará (UFPA).

 Luana de Sousa Oliveira – Mestre em Turismo e Hotelaria Universidade do Vale do Itajaí (Univali) .

 Érika da Silva Maciel – Doutora em Qualidade de Alimentos Universidade de São Paulo (USP) .

Alexandre Aires de Freitas – Mestre em Agronomia

RESUMO: A culinária japonesa, desde a década de 80, se expande no Brasil, conservando técnicas e ingredientes de sua origem combinadas a inovações relacionadas à culinária americana, sendo assim, bastante dependente de ingredientes importados. Através da cozinha de fusão, esse trabalho sugere o uso de espécies de peixes nativos cultivados na Amazônia como alternativa gastronômica para esse mercado. Foi realizado um experimento envolvendo chefs de cozinha amazônica e japonesa desenvolvendo seis preparações a base de pirarucu e tambaqui. Estas foram avaliadas por um painel treinado de 24 profissionais da aqüicultura e gastronomia japonesa. Avaliou-se a aceitação e seus atributos utilizando uma escala hedônica com aplicação de questionário estruturado de intenção de compra. Todos os pratos obtiveram ampla aceitação, tendo destaque o Teppan de pirarucu. Conclui-se que o uso dos peixes nativos de cultivo da Amazônia, tambaqui e pirarucu, é uma alternativa viável para a inovação da gastronomia japonesa no Brasil, através da culinária de fusão.

Palavras-chave: Amazônia; Cozinha fusion; Peixes de água doce.

Link:http://siaiap32.univali.br/seer/index.php/ijth/article/view/9280/5164